Evolution of afro-descendant representation in print advertising between 2001 and 2015 and Estatuto da Igualdade Racial de 2010: A Systematic Review

  • Roberto Mauro Santos FMU-SP
Keywords: Afro-descendants in advertising. Racism in advertising. Sub-representation. Stereotyping. White normativity. Advertising racial segregation

Abstract

Beyond its business importance, advertising plays an important sociocultural role by serving as a vehicle for disseminating values, attitudes, stereotypes and ideologies such as racism, but there is still a lack of studies integrating publicity and racism. This exploratory study investigates the evolution of Afro-descendant representativeness in print advertising through a Systematic Review of Literature (SRL) between 2001 and 2015. In the results, a modest volume of annual research output was found, 3.7 per year, with 85 % of empirical articles using qualitative methods (92.7%) in addition to the quantitative ones (7.3%) reveals: 1) 85% of them insists in a continuous numerical underrepresentation (average presence of 7% in advertisements), although they represent 53.1% of the population; 2) unanimity regarding the continuous use of flagrant and subtle stereotypes that lead to a disguised and naturalized advertising segregation even after the Estatuto da Igualdade Racial. The main problems and challenges are discussed and recommendations designed to guide future studies.

References

ABAP - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE. Como o brasileiro percebe e avalia propaganda. ABAP, 2009. Disponível em: <http://www.abapnacional.com.br/images/publicacoes/abap_ibope.pdf&gt;. Acesso em: 18 dez. 2015. ABP – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROPAGANDA. A Imagem da propaganda no Brasil. ABP, 2002; 2004; 2006. Disponível em:<http://www4.ibope.com.br/opiniao_publica/downloads/opp563_imagem_propaganda_abr05.pdf;http://www.ibopeinteligencia.com/arquivos/antigos/opp_abp_ago06.pdf&gt;. Acesso em: 18 dez. 2015. Série histórica iniciada em 2002 ABREU, Renata Gomes; PINTO, Fernanda Pinheiro; SOUZA, Cínthia Ferreira de. Representação Social: Onde Estão os Negros na Publicidade Brasileira? In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO DA REGIÃO SUDESTE, 16., Anais...São Paulo, 2011. Disponível em:<http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sudeste2011/resumos/R24-0476-1.pdf&gt;. Acesso em: 15 dez. 2015 ACEVEDO, Claudia Rosa; NOHARA, Jouliana Jordan. Como se caracterizam os discursos e representações das relações raciais entre brancos e afrodescendentes na mídia. In: ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO (ENANPAD), 32., 2008, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro, 2008. ACEVEDO, Claudia Rosa; NOHARA, Jouliana Jordan. Interpretações sobre os retratos dos afrodescendentes na mídia de massa. Revista de Administração Contemporânea (RAC), Curitiba, v. 12, p. 119-146, 2008. ACEVEDO, Claudia Rosa; NOHARA, Jouliana Jordan; PEREIRA, Raquel da Silva; TAMASHIRO, Helenita. Representações sociais dos afrodescendentes na mídia de massa. In: ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 30., Anais...Salvador, 2006. ACEVEDO, Claudia Rosa; TRINDADE, Luis Valério de Paula. Imagens de indivíduos afrodescendentes em propagandas: análise da presença de estigmas e estereótipos nas formas de representações sociais. Comunicação, Mídia e Consumo, v. 7, p. 55-82, 2010. ADAMS, Richard; BESSANT, John; PHELPS, Robert. Innovation management measurement: A review. International Journal of Management Reviews, v. 8, n. 1, p. 21-47, 2006. ALMEIDA, Alex Sandro Macedo. Identidade e consumo: o que compreender sobre o consumo da chamada “linha étnica” e a relação com identidade na classe média negra. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA,26, Anais... São Paulo, 2011. ANDI – AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DOS DIREITOS DA INFÂNCIA. Imprensa e Racismo: uma análise das tendências da cobertura jornalística. São Paulo: Fundação Ford; Fundação Kellog, 2012. Disponível em: <http://www.andi.org.br/inclusao-e-sustentabilidade/publicacao/imprensa-e-racismo&gt;. Acesso em: 12 out. 2015. APPIAH, Osei. Ethnic identification on adolescentes’ evaluations of advertisements. Journal of Advertising Research, vol. 41, n. 5, p. 7-22. ARAÚJO, Joel Zito. A força de um desejo - a persistência da branquitude como padrão estético audiovisual. Revista USP, n. 69, p. 72-79, 2006. BACCEGA, Maria Aparecida. O estereótipo e as diversidades. Comunicação & Educação, v. 5, n. 13, p. 7-14, 2007. BAILEY, Ainsworth Anthony. A year in the life of the African-American male in advertising: A content analysis. Journal of Advertising, v. 35, n. 1, p. 83-104, 2006. BAIRON, Sérgio. A persistência do grande Outro cromático-racista na publicidade brasileira In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, 2011. BAKER, Stacey Menzel; GENTRY, James W.; RITTENBURG, Terri L. Building understanding of the domain of consumer vulnerability. Journal of Macromarketing, v. 25, n. 2, p. 128-139, 2005. BANDURA, Albert. Social Learning Theory. New York: General Learning Press, 1971. Disponível em: <http://www.jku.at/org/content/e54521/e54528/e54529/e178059/Bandura_SocialLearningTheory_ger.pdf&gt;. Acesso em: 1 jan. 2015. BARBARA, V. In denial over racism in Brazil. The Opinion Pages. New York Times, EUA, 2015. Disponível em: <http://www.nytimes.com/2015/03/24/opinion/vanessa-barbara-in-denial-over-racism-in-brazil.html?_r=0&gt;. Acesso em: 19 set. 2015. BARBOSA, Erly Guedes; SILVA, Silvano Alves Bezerra. Os espaços não ocupados pela mulher negra nas revistas femininas brasileiras. Diásporas, Diversidades, Deslocamentos. 2010. BATISTA, Leandro Leonardo; COSTA, Marco Aurélio Ribeiro. O racismo subentendido: a comunicação “politicamente correta” e seus efeitos em estereótipos e preconceitos. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, 2011. BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, 2011. BBC – BRITISH BROADCASTING CORPORATION. Brasileiros 'são os que mais acreditam em propaganda. [Matéria online]. Disponível em: <http://www.bbc.com/portuguese/reporterbbc/story/2007/10/071002_nielsen_anuncios_pu.shtml&gt;. Acesso em: 7 dez. 2015 BELELI, Iara. Marcas da diferença na propaganda brasileira. 2005. Tese (Doutorado em Ciências Sociais). Universidade Estadual de Campinas, Campinas. BERTERO, Carlos Osmar; CALDAS, Miguel Pinto; WOOD JR, Thomaz. Produção científica em administração de empresas: provocações, insinuações e contribuições para um debate local. Revista de Administração Contemporânea, v. 3, n. 1, p. 147-178, 1999. BRASIL. Lei nº 12.288, de 20 de julho de 2010. Institui o Estatuto da igualdade racial. Brasília, DF: Presidência da República, 2010. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12288.htm&gt;. Acesso em 11 dez. 2015. BRASIL. SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos. Vozes da nova classe média. Caderno 1. Brasília, 2012. BRASIL. SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos. Vozes da nova classe média. Cadernos 2, 3 e 4. Brasília, 2013. BRASIL. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD); Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Pesquisa nacional diversidade na escola. São Paulo: FIPE-USP e INEP, 2009. BRISTOR, Julia M.; LEE, Renée Gravois; HUNT, Michelle. Race and ideology: African-American images in television advertising. Journal of Public Policy & Marketing., vol. 14., p. 48-59, 1995. BROCHAND, Bernard; DIONÍSIO, Pedro; LENDREVIE, Jacques; RODRIGUES, Joaquim Vicente. Publicitor. Lisboa, Portugal: Dom Quixote, 1999. CEERT - CENTRO DE ESTUDOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO E DESIGUALDADES; Observatório Brasileiro de Mídia. A mídia impressa no Brasil e a agenda da promoção da igualdade racial: Jornais e Revistas 2001- 2008. São Paulo: CEERT, 2009. COLTRANE, Scott; MESSINEO, Melinda. The Perpetuation of Subtle Prejudice: Race and Gender Imagery in 1990s Television Advertising. Sex Roles: A Journal of Research, v. 42, p. 363-89, 2000. CONCEIÇÃO, Eliane Barbosa. A negação da raça nos estudos organizacionais. In: Encontro Nacional Da Associação Nacional De Pós Graguação E Pesquisa Em Administração, Anais... 2009. CONCEIÇÃO, Fernando (Coord.). Faces do Brasil, 2010; 2011. Projeto de pesquisa. CONCEIÇÃO, Fernando. Mordendo um cachorro por dia. In: MUNANGA, Kabengele (Org.). Estratégias e políticas de combate à discriminação racial. SP: EDUSP, 1996. CORREA, Laura Guimarães. De corpo presente: o negro na publicidade em revista. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) – Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte. CORREA. Laura Guimarães. Reflexões sobre a publicidade de homenagem e o Dia da Consciência Negra. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, 2011. COSTA, Kátia Regina. De quando a pluralidade revela a invisibilidade. Petrópolis. In: BORGES, Roberto Carlos da Silva; BORGES, Rosane. Mídia e racismo. Petrópolis: DP et Alii., 2012, p. 40-63. COSTA, Kátia Regina. Ser negro à vista: construção verbo-visual do negro na propaganda impressa. 2010. Tese (Doutorado em Letras) − Instituto de Letras, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. COSTA, S.; FERREIRA, C. Diversidade e minorias nos estudos organizacionais brasileiros: presença e lacunas na última década. ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS-ENEO, 4, 2006, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre, 2006. CUNHA, Vania Paula Souza. A construção da identidade cultural: análise da publicidade na virada do milênio (1999-2000). Educação, Gestão e Sociedade, ano 2, n. 6, jun/2012. D’ADESKY, J. Racismos e anti-racismos no Brasil; pluralismo étnico e multiculturalismo. Rio de Janeiro: Pallas, 2001. D’ADESKY, Jacques. Racismos e anti-racismos no Brasil. Pluralismo étnico e multiculturalismo. Rio de Janeiro: Pallas, 2001. DALL’AGNOL, Rogéria Prado; OLIVEIRA, Ilzver. Racismo na propaganda. Ideias e Inovação-Lato Sensu, v. 1, n. 1, p. 91-101, 2012. DaMATTA, Roberto. Notas sobre o racismo à brasileira. In: SOUZA, J. (org.). Multiculturalismo e racismo: o papel da ação afirmativa nos Estados democráticos contemporâneos. Brasília: Ministério da Justiça, 1996, p.69-74. DEFLEUR, Melvin; BALL-ROKEACH, Sandra. Teorias da comunicação de massa. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1993. DE-LA-TORRE-UGARTE, Mônica Cecilia; GUANILO, Renata Ferreira Takahashi; BERTOLOZZI, Maria Rita. Revisão sistemática: noções gerais. Revista da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, v. 45, n. 5, p. 1260-6, 2011. DIAS, Reinaldo. Introdução à sociologia. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010. DIEESE - DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS. Os negros no mercado de trabalho. São Paulo: DIEESE, 2011; 2012; 2013; 2014; 2015. Disponível em: <http://www.dieese.org.br/analiseped/negros.html&gt;. Acesso em: 12 dez. 2015. DOVIDIO, John; EVANS, Nancy; TYLER, Richard. Racial stereotypes: The contents of their cognitive representations. Journal of Experimental Social Psychology, v. 22, n. 1, p. 22-37, 1986. ECO, Umberto. Apocalípticos e Integrados. São Paulo: Editora Perspectiva S.A., 1987. BAUDRILLARD, J. A Sociedade de consumo. Lisboa: Edições 70,1981. ETNUS, Afroconsumo: Pesquisa sobre comportamento e hábitos de consumo dos afrodescendentes da cidade de São Paulo. ETNUS, 2016. Disponível em: <http://etnus.com.br/resources/ETNUS_Afroconsumo_SP_102016_v7_LOW.pdf >. Acesso em: 16 abr. 2016. FARIA, S. G. F; NOHARA, Jouliana Jordan; LOPES, E. L. Uma análise dos afrodescendentes nas propagandas de jornais paulistas. In: ENCONTRO DA ANPAD, 37., Anais... Rio de Janeiro, 2013. FARIA, Sibele Gomes de Santana; NOHARA, Jouliana Jordan; LOPES, Evandro Luiz; ACEVEDO, Claudia Rosa; CAMPANARIO, Paula Marques. Uma análise das representações dos afrodescendentes nas propagandas de jornais paulistas. Revista Pretexto, v. 15, n. 1, p. 62-85, 2014. FARIA, Sibele Gomes. Um estudo longitudinal das representações dos afrodescendentes em propagandas impressas: 1980-2010. 2011. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) – Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2011 FARIAS, Patrícia. Belezas negras à vista: a presença negra na publicidade brasileira dos anos 70. Antropologia e comunicação. Rio de Janeiro: Garamond, p. 209-225, 2003. FERNANDES, Florestan; PEREIRA, João Baptista Borges; NOGUEIRA, Oracy. A questão racial brasileira vista por três professores. Revista USP, n. 68, p. 168-179, fev. 2006. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/13491/15309&gt;. Acesso em: 01 dez. 2015. FERNANDES, Nenito, BARBI, Daniela. Classe média na raça. Revista Época, Rio de Janeiro, N 290, 08 dez. 2003. FERREIRA, Aurélio B. de Hollanda. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 3. ed. Curitiba: Positivo, 2004 FGV - FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. A nova classe média: o lado brilhante dos pobres. Rio de Janeiro: FGV, 2010. FGV - FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Desigualdade de renda na década. Rio de Janeiro: FGV/CPS, 2011. FIGUEIREDO, Ângela. Cabelo, cabeleira, cabeluda e descabelada: Identidade, Consumo e Manipulação da Aparência entre os Negros Brasileiros. In: Reuniao Da Associaçãpo Nacional De Pós-Graduação E Pesquisa Em Ciências Sociais, 26., 2002, C. Anais... Caxambu: ANPOCS, 2002. FIGUEIREDO, Ivone de Lucena. O discurso publicitário: na teia do ideológico. GELNE, v. 2, n. 2, 2000 FOLHA DE SÃO PAULO. Racismo cordial: a mais completa análise sobre o preconceito de cor no Brasil. São Paulo: Ática, 1995. FPA - FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO. Discriminação racial e preconceito de cor no Brasil, 2003. FRANCISCO, Dalmir. Imprensa e Racismo no Brasil (1988/1998): A construção mediática do negro na imprensa escrita brasileira. Rio de Janeiro: UFRJ/ECO, 2000. FREIRE FILHO, João. Mídia, estereótipo e representação das minorias. Eco pós, v. 7, n. 2, p. 45-71, 2004. FRITH, Katherine Toland; MUELLER, Barbara. Advertising and societies: Global issues. Peter Lang, 2010 GALVÃO, Roberto Carlos Simões; Africanidade, Exclusão e Leis no Brasil. Áskesis. Revista dos Discentes do Programa de Pós Graduação em Sociologia da UFSCar, v. 3, p. 150-161, 2014. Disponível em: < https://drive.google.com/file/d/0By0q2bzpatUZYnlLaU1IYjctcTQ/view&gt;. Acesso em: 04 mar. 2014. GASPAR, Osmar Teixeira. Meios de comunicação do país ainda não incorporaram negros. Agência USP de Notícias, São Paulo, 2011. Disponível em: <http://www.usp.br/agen/?p=45620&gt;. Acesso em: 14 jun. 2015. GASPAR, Osmar Teixeira. Mídias: concessão e exclusão. 2010. Dissertação (Mestrado em Diretos Humanos) - Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2140/tde-11112011-113314/&gt;. Acesso em: 6 jun. 2007. GASTALDO, Édison. A nação e o anúncio: a representação do “brasileiro” na publicidade da copa do mundo. 2000. Tese (Doutorado em Multimeios) – Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000197617. Acesso em: 2 jul. 2015. GASTALDO, Édison. A publicidade e movimentos sociais no Brasil: uma reflexão sobre políticas de representação. Revista de economía política de las Tecnologías y comunicación, v. 2004. GASTALDO, Édison. Pátria, chuteiras e propaganda: o brasileiro na publicidade da Copa do Mundo. Annablume, 2002. GERBNER, George; GROSS, Larry; MORGAN, Michael; SIGNORIELLI, Nancy. Living with television: The dynamics of the cultivation process. Publisher not identified, 1986. GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. São Paulo: LTC, 2004. GOLZIO, Derval Gomes. Mídia e Preconceito: o negro nas capas da revista Veja. Política democrática – Revista de política e cultura, Brasília, n. 8., Ed. Fundação Astrojildo Pereira, 2004. GOLZIO, Derval Gomes; MARINHO, Thiago de Andrade; SILVA, Alberto Araújo; FERREIRA, Mayra Brito; PEREIRA, Cibelle Ferraz; LINS, Mônica dos Santos. O racismo impregnado no pensamento da sociedade. 2009. Disponível em: <http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=374CID006&gt;. Acesso em 2 de Maio de 2015. GOMES, A. P. P. . O Negro em Propagandas Televisivas de Produtos de Higiene e Beleza: Reformulações da Imagem e Transformações Sociais. In: Reunião da Anpocs, 30., Texto apresentado, Caxambu, 2006. GOMES, Mayra Rodrigues. Uma estética para o negro: representações e discursos circulantes In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, 2011. GOMES, Nilma Lino. Alguns termos e conceitos presentes no debate sobre relações raciais no Brasil: uma breve discussão. Educação antirracista: caminhos abertos pela Lei Federal 10.639, n. 03, 2005. HAZELL, Vanessa; CLARKE, Juanne. Race and gender in the media: A content analysis of advertisements in two mainstream black magazines. Journal of Black Studies, v. 39, n. 1, p. 5-21, 2007. HIRSCHMAN, Elizabeth; THOMPSON, Craig. Why media matter: toward a richer understanding of consumers' relationships with advertising and mass media. Journal of Advertising, v. 26, n. 1, p. 43-60, 1997. HUNT, Shelby. Toward the Institutionalization of Macromarketing Sustainable Enterprise, Sustainable Marketing, Sustainable Development, and the Sustainable Society. Journal of Macromarketing, v. 32, n. 4, p. 404-411, 2012. IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Indicadores IBGE. O mercado de trabalho segundo a cor ou raça. Setembro 2006, 45 pp. Disponível em <http://www.ibge.gov.br&gt; Acesso em: 17 jan. 2015. IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa nacional por amostra de domicílios: PNAD. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. A mobilidade social dos negros brasileiros. Brasília: IPEA, 2004. IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Desigualdades raciais, racismo e políticas públicas: 120 anos após a abolição. Brasília: IPEA, 2008. IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; UNIFEM - Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher. Retrato das desigualdades de gênero e raça. Brasília: IPEA, 2004; 2005; 2008; 2011. JONES, Victoria. Espetáculo das raças. RAE Executivo-FGV. vol. 3, n. 2, , p.31-35, mai-jul 2004. KANTAR IBOPE. Retrospectiva & Perspectivas 2016. KANTAR IBOPE, 2017 <https://www.kantaribopemedia.com/investimento-publicitario-em-2016/&gt;. Acesso em: 2 abr. 2016. KELLNER, Douglas. A cultura da mídia: estudos culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Santa Catarina: EDUSC, 2001. KERN-FOXWORTH, Marilyn. Separate and definitely not equal: Frequency of blacks in advertising. Aunt Jemima, Uncle Ben, and Rastus: Blacks in Advertising, Yesterday, Today, and Tomorrow. Westport: Greenwood Publishing Group, 1994. LAESER – Laboratório De Análises Econômicas, Históricas, Sociais E Estatísticas Das Relações Sociais; IE/UFRJ – Instituto Da Universidade Federal Do Rio De Janeiro. Relatório anual das desigualdades raciais no Brasil, 2007-2008. Editora Garamond, 2008; 2010. ALVARENGA, Nilson A.; LAHNI, Cláudia Regina; PELEGRINI, Mariana Z.; PEREIRA, Maria Fernanda F. A mulher negra no cinema brasileiro: uma análise de Filhas do Vento. Rev. Cient. Cent. Univ. Barra Mansa - UBM, Barra Mansa, v. 9, n. 17, p. 83, jul. 2007, p.80-88. Disponível em: <http://www.ubm.br/ubm2007/hotsites/revista/pdf/A%20mulher%20negra%20no%20cinema.pdf&gt; Acesso em 04 fev. 2015. LEITE, Francisco. Comunicação e cognição: os efeitos da propaganda contraintuitiva no deslocamento de crenças e estereótipos. Ciências & Cognição, v. 13, n. 1, p. 131-141, 2008. LEITE, Francisco. Experiências de interação de mulheres brasileiras com publicidade contraintuitiva: Um estudo em Grounded Theory. 2015. Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo, São Paulo. LEITE, Francisco. Por outras expressões do negro na mídia: a publicidade contraintuitiva como narrativa desestabilizadora dos estereótipos. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. LEITE, Francisco; BATISTA, Leandro Leonardo. A persuasão, os estereótipos e os impactos da propaganda contraintuitiva. Contemporânea - Revista de Comunicação e Cultura, v. 7, n. 1, 2009. LENGLER, J. F. B. ; MENEGHETTI, A. L. C. ; GERHARDT, D. C. M. A emergência do mercado consumidor negro no Brasil: um estudo de segmentação de mercado. Trajetória em Administração, Osório, v. 1, n.1, 2001. LIMA, Marcus Eugênio O; MACHADO, Caliandra; ÁVILA, Josele; LIMA, Carolina; VALA, Jorge. Normas sociais e preconceito: o impacto da igualdade e da competição no preconceito automático contra os negros. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 19, n. 2, p. 309-319, 2006. LIMA, Marcus Eugênio Oliveira; VALA, Jorge. As novas formas de expressão do preconceito e do racismo. Estudos de Psicologia, v. 9, n. 3, p. 401-411, 2004. LIMA, Solange Martins Couceiro. ... até canibal vira vegetariano. Revista USP, n. 69, p. 44-59, 2006. LIMA, Solange Martins Couceiro. A publicidade e os símbolos raciais. Comunicação e Educação. São Paulo, n.2, p. 91-93, jan/abr 1995. LIMA, Solange Martins Couceiro. Reflexos do racismo à brasileira na mídia. Revista da USP, v. 32, p. 56-65, 1997. LIPOVETSKY, Gilles. A felicidade paradoxal: ensaio sobre a sociedade de hiperconsumo. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. LIPPMANN, Walter. Opinião pública. São Paulo: RJ: Vozes, 2010. LYSARDO-DIAS, Dylia. A construção e a desconstrução de estereótipos pela publicidade brasileira. Stockolm Review of Latin American Studies, n.2, p-25-36, 2007. MACHADO, Fernando Luís. Os novos nomes do racismo: especificação ou inflação conceptual? Sociologia, Problemas e Práticas, n. 33, p. 9-44, 2000. MACRAE, Neil; MILNE, Alan; BODENHAUSEN, Galen. Stereotypes as energy-saving devices: a peek inside the cognitive toolbox. Journal of Personality and Social Psychology, v. 66, n. 1, p. 37, 1994. MAISONNEUVE, Jean. Introdução à psicossociologia. São Paulo: EDUSP, 1977. MARINHEIRO, Vaguinaldo . A menina dos olhos. Folha de São Paulo, São Paulo, 15 jul. 2012. Seção Mercado Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrissima/54479-a-menina-dos-olhos.shtml&gt;. Acesso em: 12 jan. 2015. MARTINS FILHO, Júlio. Raça e Consumo: A identidade do negro na nova realidade do negro na nova realidade do mercado e dos meios de comunicação. Cadernos Zygmunt Bauman, v. 2, n. 4, 2012 MARTINS, Carlos Augusto de Miranda. A publicidade e o registro branco do Brasil. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. MARTINS, Carlos Augusto de Miranda. Negro, publicidade e o ideal de branqueamento da sociedade brasileira. Rumores-Revista de Comunicação, Linguagem e Mídias, v. 2, n. 3, 2009. MARTINS, Carlos Augusto de Miranda. O mercado consumidor brasileiro e o negro na publicidade. GVEXECUTIVO, v. 14, n. 1, p. 42-45, 2015. MARTINS, Carlos Augusto de Miranda. O silêncio como forma de racismo: a ausência de negros na publicidade brasileira. InterScience Place , v. 02, p. 01, 2008. MARTINS, Carlos Augusto de Miranda. Racismo Anunciado: o negro na publicidade no Brasil (1985-2005). 2009. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo, São Paulo. MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2009. MEIRELLES, Renato. Brasil emergente valores, visão de mundo e perspectiva de consumo. Datapopular, 2014 MELO, José Marques de (Org.). Enciclopédia Intercom de Comunicação. 1a ed. São Paulo: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, 2010. v. 1. Disponível em: <http://www.ciencianasnuvens.com.br/site/wpcontent/uploads/2015/04/Enciclopedia-Intercom-de-Comunica%C3%A7%C3%A3o.pdf&gt; Acesso em: 13 maio 2014. MENDONÇA, Ricardo Fabrino; VAZ, Paulo Bernardo Ferreira. Só preto sem preconceito. Intexto, n. 14, p. 93-108, 2006. MONTANHA, Fausto Amaro Ribeiro Picoreli; HELAL, Ronaldo George. Futebol, Corpo e Publicidade: um estudo de caso. Comunicação Mídia e Consumo, v. 11, n. 32, p. 139-161, 2014. MORAES, Bianca Cristina Silva de; PAULA, Sara Espírito Santo de; MOREIRA, Benedito Dielcio. Mulher negra na publicidade: a reprodução das desigualdades. In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 17., Anais...Rio de Janeiro, 2015. MORETTI, Sérgio Luiz do Amaral; HERNANDEZ, José Mauro da Costa; MURITIBA, Patricia Morilha; MURITIBA, Sérgio. Cor ou escolaridade de personagens de propaganda? Preferências entre universitários. RAE-Revista de Administração de Empresas, v. 51, n. 5, p. 498-510, 2011. MORRIS, Charles; MAISTO, Albert. Introdução à psicologia. São Paulo: Pearson, 2004. MUNANGA, Kabengele (Org.). Estratégias e políticas de combate à discriminação racial. São Paulo EDUSP, 1996. MUNANGA, Kabengele. A difícil tarefa de definir quem é negro no Brasil. Estudos Avançados, v. 18, n. 50, p. 51-66, Abr. 2004 . Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142004000100005&lng=en&nrm=iso&gt;. Acesso em: 09 Out. 2015. MUNANGA, Kabengele. Algumas considerações sobre" raça", ação afirmativa e identidade negra no Brasil: fundamentos antropológicos. Revista USP, n. 68, p. 46-57, 2006. NAN, Xiali; FABER, Ronald. Advertising theory: reconceptualizing the building blocks. Marketing Theory, vol. 4, p. 7-30, 2004. NASCIMENTO, João Gabriel. Mídia, propaganda, negritude e identidades. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores (as) Negros(as), v. 4, p. 68-79, 2012. NASCIMENTO, João Gabriel. Raça, mídia e juventude: representações da juventude negra. 2014. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia. NUTO, J. V. C. Racismo e discurso na América Latina. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 32, p. 215-219, 2008. OLIVEIRA, Dennis. Etnomídia: a construção de uma paisagem étnica na linguagem midiática. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. OLIVEIRA, Fátima. Ser negro no Brasil: alcances e limites. Estudos Avançados, v. 18, n. 50, p. 57-60, 2004. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142004000100006&lng=en&nrm=iso&gt;. Acesso em 10 maio 2015. OLIVEIRA, Lindomar Alves de. Raça, Comunicação e Cultura: a temática racial na revista Raça Brasil. 2007. Dissertação (Mestrado) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. PALLAIS, Denise. How african-americans and hispanics perceive their racial equality in american advertising. 2006. Tese (Doutorado). Faculty of the Louisiana State University and Agricultural Mechanical College, Louisiana. PEREIRA, E. P.; PAIM, A.; MATA FILHO, V.; DANTAS, G. Estereótipos e preconceitos nas inserções publicitárias difundidas no horário nobre da televisão baiana. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. PEREIRA, João Baptista Borges. Racismo à Brasileira. In: MUNANGA, K. (Org), Estratégias e Políticas de Combate à Discriminação Racial. São Paulo: Edusp, 1996. PEREIRA, R. P. A relação entre estereótipos e automatismos por meio de estudos em priming. 2010. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal da Bahia, Salvador. Disponível em: < http://www.pospsi.ufba.br/Raoni_Paiva.pdf&gt;. Acesso em: 7 dez. 2015. PEREZ, Clotilde. Condições antropossemióticas do negro na publicidade contemporânea. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. PINHEIRO, Viviane Seabra. Analisando significados de capas da revista Raça Brasil: um estudo de caso à luz da semiótica social. 2007. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte PLOUS, Scott; NEPTUNE, Dominique. Racial and gender biases in magazine advertising. Psychology of women quarterly, v. 21, n. 4, p. 627-644, 1997. PNUD – PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO. Relatório de Desenvolvimento Humano: Racismo, Pobreza e Violência. Brasília, 2005. PRADO, Rejane Alexandrina; SILVA, Maria Auxiliadora; ACEVEDO, Claudia Rosa. Afrodescendentes em comerciais: análise do papel da mídia na difusão das representações sociais. Revista ADMpg Gestão Estratégica, v. 7, p. 77-88, 2014. RAMOS, Daniele G. Raça em Revista: identidade e discurso na mídia negra. 2010. 2010. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo. RAMOS, Daniele G.. Espaços Midiáticos e Contraestigmatização: Raça Brasil e a valorização do negro brasileiro. Novos Olhares, v. 2, n. 1, p. 46-55, 2013. RIAL, Carmen Sílvia Moraes. Estereótipos Raciais e Étnicos na Publicidade Brasileira. In: L. Nicolas Guigou (Org.). Trayectos antropológicos. 1 ed. Montevideo: Nordan Comunidad, 2007, v. , p. 149-160. RIBEIRO, Carlos Antonio Costa. Racismo em degradê. [Matéria online]– 14/02/2014). Disponível em: <http://arquivo.geledes.org.br/racismo-preconceito/racismo-no-brasil/23343-racismo-em-degrade&gt;. Acesso em: 7 jun. 2015. RIDLEY, Diana. The literature review: A step-by-step guide for students. Sage. 2. ed. Los Angeles: SAGE, 2012. Disponível em:<https://books.google.com.br/books?id=DF-oJ0mstfEC&hl=pt-BR&source=gbs_slider_cls_metadata_7_mylibrary&gt;. Acesso em: 11 dez. 2015. ROLLI, Claudia. Classe C ainda enfrenta resistência de empresas. Folha de São Paulo, São Paulo, 2011. Seção Mercado. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mercado/me0401201103.htm. Acesso em: 12 jan. 2015. ROSA, Alexandre Reis. Relações raciais e estudos organizacionais no Brasil. Revista de administração contemporânea, v. 18, n. 3, p. 240-260, jun. 2014 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552014000300002&lng=pt&nrm=iso&gt;. Acesso em: 29 jul. 2015. ROSA, Sidney Faria; BICCA, Angela Dillmann Nunes. A produção social da identidade e da diferença de homens e mulheres negras na publicidade brasileira. Disponível em: <http://zerocode.com.br/hosted/imagensdajustica/GT-3/A_PRODUCAO_SOCIAL.PDF&gt;. Acesso em: 7 jan. 2015. ROSEMBERG, Fúlvia. Literatura Infantil e Ideologia. São Paulo: Global, 1985. SANSONE, Livio. Um campo saturado de tensões: o estudo das relações raciais e das culturas negras no Brasil. Estudos Afro-Asiáticos, v. 24, n. 1, p. 5-14, 2002. SANTOS, João Batista Nascimento dos. O negro representado na revista Raça Brasil: a estratégia de identidade na mídia étnica. 2004. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul. SANTOS, Sergio Luiz Cunha dos. A identidade do negro na publicidade brasileira. Revista ComUnigranrio, v. 1, n. 1, 2009. SANTOS, Wellington Oliveira dos. Racismo discursivo na mídia: análise a partir dos personagens presentes nos cadernos dominicais de jornais impressos. Revista da ABPN, v. 2, n. 4, 2011. SANTOS, Wellington Oliveira dos; SILVA, Paulo Vinicius Baptista da. Racismo discursivo e a mulher negra: análise a partir dos personagens presentes na publicidade e nos cadernos de saúde de jornais impressos. Theomai: estudios sobre sociedad, naturaleza y desarrollo, n. 21, p. 10-9, 2010. SCHNEIDER, Gustavo; LUCE, Fernando Bins. Marketing Social: Abordagem Histórica e Desafios Contemporâneos. REMark, v. 13, n. 3, p. 125, 2014. SCHWARCZ, Lilia Moritz. Na boca do furacão. Revista USP, n. 68, p. 6-9, fev. 2006. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/13478&gt;. Acesso em: 6 dez. 2015. SCHWARCZ, Lilia Moritz; STARLING, Heloisa Murgel. Brasil: uma biografia. São Paulo: Cia das Letras, 2015. SCHWARCZ, Lílian Moritz. O Brasil pratica uma política de eufemismos. Zero Hora, Rio Grande do Sul, jun. 2015. Disponível em: <http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/noticia/2015/06/lilia-moritz-schwarcz-o-brasil-pratica-uma-politica-de-eufemismos-4785729.html&gt;. Acesso em: 11 dez. 2015. SEADE – Sistema Estadual De Análise De Dados Do Governo Do Estado De São Paulo. Indicadores de Desigualdade Racial. 2005. Disponível em:< http://produtos.seade.gov.br/produtos/idr/textos_analiticos.php&gt;. Acesso: 22 jun. 2015. SIARRAS, Patrice. The African-American male in magazine advertising: a content analysis. 2008. Tese (Doutorado) San Jose State University, Michigan. SILVA, Ana Célia. Branqueamento e branquitude: conceitos básicos na formação para a alteridade. In: NASCIMENTO, Antônio Dias; HETKOWSKI, Tania Maria (Orgs). Memória e formação de professores. Salvador: EDUFBA, 2007.Disponível em: < http://books.scielo.org/id/f5jk5/06&gt;. Acesso em: 7 dez. 2015. SILVA, Dalmo Oliveira da. NEGRITUDE MIDIÁTICA: Pretos, pardos, morenos, mestiços e a discursividade racial na mídia brasileira. In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 10., Anais... São Luis, 2008. SILVA, Isabella Sacramento. Personagens negros e brancos nos cadernos de economia dos jornais paranaenses. Revista da ABPN, v. 2, n. 4, 2011. SILVA, Marina Melhado Gomes da. Representações da propaganda por afro-descendentes em Florianópolis. Comunicação, Mídia e Consumo, v. 2, n. 5, 2005. SILVA, Paulo Vinicius Baptista da. Racismo discursivo na mídia: pesquisas brasileiras e movimentação social. Revista Teatro, v. 4, p. 01-03, 2005. SILVA, Paulo Vinícius Baptista da; ROCHA, Neli Gomes da; SANTOS, Wellington Oliveira dos. Negras (os) e brancas (os) em publicidades de jornais paranaenses. Intercom - Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, v. 35, n. 2, 2012. SILVA, Paulo Vinícius Baptista da; ROCHA, Neli Gomes; SANTOS, Wellington Oliveira. Negras (os) e brancas (os) em publicidades de jornais paranaenses. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. SMITH, Madeline. Where has she been and where is she going: the evolutionary portrayal of black women in print advertising from the 1960s to 2000s. Southern Illinois University Carbondale 2015. Ressearch Paper. SNUGGS, Thelma L.; QUALLS, William J. Portrayal of Blacks in advertising: a critical review of the literature. In: Minority Marketing: Issues and Prospects. Springer International Publishing, 2015. p. 97-102. Disponível em: <https://books.google.com.br/books?id=vbMlCQAAQBAJ&pg=PR14&lpg=PR14&dq=snuggs+qualls&source=bl&ots=HT1Amj0KF6&sig=XFcviUs1dLtEWayuNlAXiBCEX9c&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwjtivrdnOjKAhVDD5AKHbxhCUIQ6AEIMjAE#v=onepage&q=snuggs%20qualls&f=false&gt;. Acesso em: 7 out. 2015. SOARES, Rosana de Lima. Imaginários e representações: o negro na publicidade televisiva brasileira. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. SOLOMON, Michael. Comportamento do consumidor. Porto Alegre: Bookman, 2008. STROZENBERG, Ilana. O apelo da cor: percepções dos consumidores sobre as imagens da diferença racial na propaganda brasileira. Comunicação, mídia e consumo. São Paulo: ESPM, 2005. STUMPF, Fernanda.. A identidade brasileira representada em anúncios publicitários. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 28., Anais..., São Paulo, Anais do Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 28. São Paulo, 2005. [CD-ROM]. TAVARES, Júlio César de; FREITAS, Ricardo Oliveira de. Mídia e Etnicidade: Algumas considerações acerca da importância da ação afirmativa na [e para a] mídia brasileira. Revista Espaço Acadêmico, v. 1, n. 31, p. 01-25, 2003. TEBALDI, Juliana Zacarias Fabre. As ações afirmativas no estado democrático de direito. Revista de Direito das Faculdades Integradas de Jaú, v. 1, 2013 THOMPSON, John. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. Rio de Janeiro: Vozes, 2014. THOMPSON, John. Ideologia e cultura moderna. Rio de Janeiro: Vozes, 1995. TOPOS PARTNERSHIP. The opportunity agenda. 2011 Disponível em: <http://opportunityagenda.org/files/field_file/2011.11.30%20%7C%20Report%20%7C%20Opportunity%20for%20Black%20Men%20and%20Boys%20%7C%20FINAL.pdf&gt;. Acesso em: 22 jul. 2015. TRANFIELD, David; DENYER, David; SMART, Palminder. Towards a methodology for developing evidence‐informed management knowledge by means of systematic review. British journal of management, v. 14, n. 3, p. 207-222, 2003. TRINDADE, Eneus. Perspectivas dos usos e consumos da imagem do negro na publicidade contemporânea. In: BATISTA, Leandro Leonardo; LEITE, Francisco Geovani (Orgs.). O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2011. TRINDADE, Luiz Valério de Paula. Participação e representação social de indivíduos afrodescendentes retratados em anúncios publicitários de revistas: 1968-2006. 2008. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Nove de Julho, São Paulo. TRINDADE, Luis Valério de Paula; ACEVEDO, Claudia Rosa Análise do retrato de indivíduos afrodescendentes em anúncios publicitários: 1968–2006. Perspectivas Contemporâneas, v. 5, n. 2, 2012. TRINDADE, Luiz Valério de Paula; ACEVEDO, Claudia Rosa. Consumidor afrodescendente: o mercado ignorado pela propaganda. Ciências Sociais em Perspectiva, v. 8, p. 25-44, 2009. TRINDADE, Luiz Valério de Paula; CAMPANARIO, Claudia Rosa Acevedo. Mapeamento bibliográfico de pesquisas sobre o fenômeno de presença e representação social de indivíduos afrodescendentes em meios de comunicação social no Brasil: 1965-2011. Alceu, v. 14, p. 48, 2013. TVERSKY, A., & KAHNEMAN, D. Judgment under uncertainty: heuristics and biases. Science, v.185, n. 4157, p. 1124–1131, 1974. VALLADARES, Paulo Sergio Duarte de Almeida; VASCONCELLOS, Marcos Augusto de; SERIO, Luiz Carlos di. Capacidade de Inovação: Revisão Sistemática da Literatura. Revista de Administração Contemporânea-RAC, v. 18, n. 5, 2014. VARGAS, Lenita. Anúncios publicitários: representação de mulheres negras e racismo na perspectiva da análise crítica do discurso. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Católica de Pelotas, Pelotas. VARGAS, Ricardo. Os meios justificam os fins. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005. VENANCIO, Tatiana; TAKATA, Roberto. Negar existência colabora com a perpetuação do racismo ao longo dos séculos. ComCiência, Campinas, n. 159, June 2014. Disponível em: <http://comciencia.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-76542014000500006&lng=en&nrm=iso&gt;. Acesso em: 12 set. 2015. VIEIRA, M. M. F; CALDAS, M. P. Teoria crítica e pós-modernismo: princi-pais alternativas à hegemonia funcionalista. ERA - Revista De Administração De Empresas, v. 46, n. 1, p. 59-68, jan./mar. 2006. WELLS, William; BURNETT, John; MORIARTY, Sandra. Advertising: principles and practice. 5th edition. New Jersey: Prentice Hall, 2000. WINCH, Rafael Rangel; ESCOBAR, Giane Vargas. Os lugares da mulher negra na publicidade brasileira. Cadernos de Comunicação, v. 16, n. 2, 2013. YIRULA, Carolina Prestes; HOFF, Tânia Márcia Cezar. As representações do negro na publicidade contemporânea: a Campanha de Veja. In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 14., Anais... Rio de Janeiro, 2009. ZARATE, Michael; SMITH, Eliot. Person categorization and stereotyping. Social. Cognition, v. 8, n. 2, p. 161-185, 1990. ZEITHAML, Valerie A. Consumer perceptions of price, quality, and value: a means-end modeland synthesis of evidence. Journal of Marketing, Vol. 52, p. 2-22, July, 1988.

Published
2018-10-13
How to Cite
Santos, R. M. (2018). Evolution of afro-descendant representation in print advertising between 2001 and 2015 and Estatuto da Igualdade Racial de 2010: A Systematic Review. Brasiliana - Journal for Brazilian Studies, 6(2), 105-141. https://doi.org/10.25160/v6.i2/d5