Trabalho forçado e tráfico de pessoas: uma análise do discurso em instituições e organizações internacionais e brasileiras

Main Article Content

Lisa Carstensen

Abstract

Neste artigo propõe-se uma analise crítica do discurso acerco o combate ao trabalho forçado e tráfico de pessoas. Este discurso evolve-se ao redor dos conceitos liberdade, exploração e dignidade dentro das relações laborais. Ao mesmo tempo esta situado entre  uma análise e uma estratégia mais geral da regulação migratória, laboral, de cidadania e do desenvolvimento. Discursos (entendidos num sentido foucaultiano) são cruciais para ter categorias com as quais se observa, interpreta e atua na realidade. Por isso, uma análise estruturada do discurso e a revisão crítica dos conceitos centrais presentes nele é importante. Este artigo baseia-se numa análise qualitativa de relatórios de organizações internacionais e brasileiras desde o ano 2001, entrevistas com especialistas e a revisão da produção acadêmica ao respeito. A pesquisa faz parte do meu doutorado que trata das possibilidades de atuação dos movimentos sócias e sindicais em redes globais de produção no caso do trabalho escravo no Brasil.

Article Details

How to Cite
Carstensen, L. (2013). Trabalho forçado e tráfico de pessoas: uma análise do discurso em instituições e organizações internacionais e brasileiras. Brasiliana - Journal for Brazilian Studies, 2(2), 3-31. https://doi.org/10.25160/v2.i2/d1
Section
Dossier
Author Biography

Lisa Carstensen, University of Kassel

Lisa Carstensen is a doctoral fellow at the Global Social Policies and Governance (GSPG) Programme at University of Kassel. Her research analyses modern slave labour in global production networks in Brazil from a postcolonial point of view. Between 2001 and 2010 she studied sociology in Berlin and Puebla.