Condições de saúde no Brasil Colônia: primórdios da higiene pública como política governamental no Rio de Janeiro dos vice-reis

Main Article Content

Vinicius Cranek Gagliardo

Abstract

Este artigo tem por objetivo mapear as condições de saúde no BrasilColônia, em especial os primórdios da higiene pública como política de governo,política esta que teria se desenvolvido no Rio de Janeiro a partir de meados doSetecentos, principalmente durante o período dos vice-reis. Para tanto,analisarei o que teria sido a medicina nos tempos da Colônia, quem eram seuspraticantes, quais as condições de saúde do Rio de Janeiro colonial e qual otipo de planejamento urbano, sustentado na higiene pública, desenvolveu-se nofinal do século XVIII, o qual estaria na base do tipo de medicina que viria ase consolidar no século seguinte no Brasil: a medicina social.

Article Details

How to Cite
Cranek Gagliardo, V. (2013). Condições de saúde no Brasil Colônia: primórdios da higiene pública como política governamental no Rio de Janeiro dos vice-reis. Brasiliana - Journal for Brazilian Studies, 2(2), 450-476. https://doi.org/10.25160/v2.i2/ga.6
Section
General Articles
Author Biography

Vinicius Cranek Gagliardo

Doutorando em História na Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", campus de Franca (UNESP/Franca). Bolsista FAPESP. Autor de "Uma Paris dos trópicos? A europeização do Rio de Janeiro oitocentista. São Paulo: Alameda Casa Editorial Ltda, 2013 (No Prelo)".