A essencialidade dos “detalhes inúteis”: estratégias de representação em dois romances de Daniel Galera

Main Article Content

Laura Assis

Abstract

O ensaio visa a discutir e investigar questões ligadas à relação entre texto e imagem em duas obras do escritor Daniel Galera, Mãos de cavalo (2006) e Barba ensopada de sangue (2013). O objetivo será analisar de que maneira o autor trabalha com as descrições, procurando agenciar a criação de efeitos visuais e sensitivos e de cenários físicos e psicológicos. Para tanto, serão observadas teorias sobre a representação visual na literatura, assim como a possível relação entre essas estratégias de representação e a demanda de real que pode ser verificada na prosa de ficção brasileira contemporânea. A hipótese a ser trabalhada é a de que a representação imagética e sensorial operada por meio das descrições na prosa de Galera funciona justamente como uma reação ao esvaziamento da experiência e à procura do real identificada na literatura do presente.

Article Details

How to Cite
Assis, L. (2014). A essencialidade dos “detalhes inúteis”: estratégias de representação em dois romances de Daniel Galera. Brasiliana - Journal for Brazilian Studies, 3(1), 120-138. https://doi.org/10.25160/v3.i1/d6
Section
Dossier
Author Biography

Laura Assis, Doutoranda em Literatura na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Doutoranda em Literatura na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro